27 Abril, 2017 10:36

Governo busca parceria com a Embrapa para desenvolvimento da cajacultura no Piauí

O governador Wellington Dias teve audiência, nessa terça-feira (25), em Brasília, com o presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Mauricio Lopes, e o presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Piauí (Fapepi), Francisco Guedes, para tratar do desenvolvimento de pesquisas na área da cultura do cajá.

De acordo com o presidente da Fapepi, Francisco Guedes, a Embrapa tem sido uma grande parceira do Estado do Piauí para o desenvolvimento tecnológico agropecuário, dando também o apoio às Câmaras Setoriais em território piauienses. "Já há um trabalho iniciado que reúne cerca de 20 instituições dos estados do Piauí e Maranhão para desenvolver as câmaras setoriais. Há também uma macrodemanda para o cultivo do cajá que já está em análise em parceria com a Embrapa Agroindústria Tropical de Fortaleza e a Embrapa Meio Norte. Aqui, o governador se propôs a dobrar o valor dos recursos para a pesquisa colocando mais R$ 400.000 via Fapepi para desenvolver o clouster das cajazeiras. Agora estamos aguando os trâmites legais", disse Guedes. 

Wellington enfatizou que é preciso conhecer melhor esta planta e priorizar um edital. "Esses estudos vão criar uma alternativa de alta rentabilidade no cultivo dessa fruta, consorciado com melancia e outras culturas. Os técnicos da Embrapa vão orientar profissionais e produtores sobre como é feito a compostagem e a seleção de mudas", disse Dias. 

Capes 

Em Brasília, o governador também esteve com o presidente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), a agência de fomento do Ministério da Educação, para tratar de uma proposta de investimento na ordem de R$ 30 milhões para as bolsas de mestrado e doutorado no Piauí.  

Fonte: Governo do Estado do Piauí