14 Junho, 2017 16:12

Governador assina edital para vestibular da Universidade Aberta do Piauí

Na manhã de hoje (14), em solenidade no Palácio de Karnak, o governador Wellington Dias esteve reunido com representantes da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (Fapepi), da Secretaria Estadual de Educação (Seduc) e da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), com o objetivo de assinar o edital de lançamento do vestibular da Universidade Aberta do Piauí (UAPI).

Oportunizar o crescimento profissional, qualificar o povo piauiense e articular a difusão da educação, são alguns dos objetivos da Universidade Aberta do Piauí. O programa prevê ações de expansão dentro do Piauí, do que ficou conhecido popularmente como “Educação a Distância”. No encontro, que marcou oficialmente lançamento do vestibular, o governador Wellington Dias ressaltou o pioneirismo piauiense com a implantação do projeto.

“Nós aproveitamos o fundo de combate à pobreza, e é importante lembrar que não tem uma forma melhor de combater a pobreza do que com a educação, para garantir que com esses R$ 26 milhões seja possível atingir o objetivo de expandir a educação superior no Piauí. Hoje, podemos dizer que foi o Piauí que mudou esse conceito de Educação a Distância, temos hoje uma Educação com Mediação Tecnológica, existe o aluno e o professor na sala de aula, a tecnologia é um complemento”, explicou o governador.

Nesta primeira etapa, 60 municípios serão beneficiados, cada um com 50 vagas, capacitando, assim, três mil pessoas. As provas serão aplicadas no dia 06 de agosto e as inscrições poderão ser feitas a partir do dia 26 deste mês, exclusivamente no endereço eletrônico: http://nucepe.uespi.br.

A Fapepi foi representada na solenidade pelo seu presidente, Francisco Guedes, que falou de forma determinada sobre o novo desafio.

“Nós da Fapepi nos sentimos honrados em participar dessa parceria, ficamos responsáveis por uma parte importante do projeto que é a gestão das bolsas dos professores, dos tutores e auxiliares em cada município, e trabalharemos com dedicação para que o projeto seja realizado. É fundamental a educação, a qualificação e requalificação de nossos profissionais para a geração de renda e crescimento educacional nos municípios piauienses”, afirmou Francisco Guedes.

O reitor da Uespi, professor Nouga Cardoso, aproveitou a oportunidade para destacar a necessidade das ações da UAPI para o desenvolvimento profissional e consequentemente a geração de renda para o Piauí.

“Iniciamos agora com o curso de administração por que nossa intenção é que com a população formada nesta área, por exemplo, seja possível dar um tempo de vida maior aos empreendimentos nos municípios e assim contribuir para a consolidação de mais empregos. Em 2018 queremos incluir outros cursos no programa, como Ciências Contábeis, Turismo e provavelmente Biblioteconomia”, concluiu o reitor.

Participaram ainda do encontro, prefeitos e secretários dos municípios beneficiados.