14 Julho, 2017 14:18

Fapepi lança edital de bolsas de apoio técnico de nível superior para a Fundação CEPRO

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (Fapepi) lançou nessa sexta-feira (14) o Edital Fapepi/CEPRO para o provimento de bolsas de apoio técnico de nível superior vinculadas às atividades de estudo e pesquisa da Fundação Centro de Pesquisas Econômicas e Sociais do Piauí (Cepro).

O edital integra o Programa de Produção de Informações, Pesquisas e Estudos para o Desenvolvimento Sustentável com Inclusão Social no Piauí que é um acordo de cooperação técnica firmando entre essas instituições em 2016. Através dessa parceria já foram selecionados estudos de pesquisadores da Cepro em áreas estratégias para o estado e profissionais de apoio técnico.

“Esse termo de cooperação técnica entre as duas instituições fortalece a pesquisa no estado. Este é o segundo edital de apoio técnico e a expectativa é que outros virão nesse mesmo sentido e também para os pesquisadores”, colocou Albemerc Moura de Moraes, diretor técnico-científico da Fapepi.

O presidente da Fundação Cepro, Antonio José Medeiros, destacou a importância da Fapepi na elaboração de editais que renovam o quadro técnico da Cepro e contribuem para o fortalecimento das pesquisas nas universidades do Piauí.

“Nós firmamos um termo de cooperação entre Cepro e Fapepi que tem sido muito fecundo para o nosso trabalho. A Cepro está precisando de renovar o seu quadro de técnicos. O governador Wellington Dias já autorizou a realização de um concurso que estamos preparando, mas, enquanto não fazemos esse concurso e mesmo depois dele, nós vamos sempre manter uma parceira, uma colaboração com as universidades, oferecendo dois tipos de bolsas: para professores pesquisadores e para alunos de pós-graduação (mestrandos e doutorandos) e é nessa oferta das bolsas que o papel da Fapepi é fundamental porque ela tem a experiência, é a entidade credenciada para isso. Quero dizer que temos todo o interesse em continuar essa parceria e novos editais serão lançados para professores e alunos nas áreas de economia, ciências sociais, de geografia, de agronomia e serviço social que são as formações básicas que mantém o trabalho da Cepro”, disse Antonio José Medeiros.

O novo edital Fapepi/Cepro já está disponível. Acesse aqui.