05 Julho, 2017 12:07

Fapepi e Sebrae organizam o Workshop Inaugural das Startups do Inova Piauí

Durante a tarde desta terça-feira (03), representantes da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (Fapepi) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micros e Pequenas Empresas (Sebrae) estiveram reunidos na sede do Sebrae Piauí para a realização do Workshop Inaugural das Startups do Inova Piauí, o evento teve como objetivo esclarecer dúvidas sobre as próximas etapas do programa e discutir ideias para o melhor desenvolvimento das futuras empresas já aprovadas no edital. 

Startups são empresas de alta escalabilidade, que devem crescer sem que os recursos aplicados aumentem na mesma proporção. Normalmente ligadas a área de tecnologia, algo que ajuda na preservação do pouco investimento, estas empresas partem de ideias para solucionar problemas cotidianos nas mais diferentes áreas. Instagram, whats app, entre outros aplicativos, são alguns exemplos de startups de sucesso.

Foi observando a necessidade de acompanhar uma tendência mundial que a Fapepi e o Sebrae se uniram para lançar o primeiro edital de apoio a startups piauienses. Após o resultado final, as instituições organizaram um Workshop Inaugural para discutir as próximas etapas do projeto com os coordenadores das startups aprovadas.

O presidente da Fapepi, Francisco Guedes, que esteve presente no evento, falou sobre a satisfação com o desenvolvimento do projeto. 

“Lançamos o edital com o Sebrae e tivemos um trabalho importante dos parceiros e consultores para que chegássemos até esta fase de pré-aceleração. Então, aproveito esta oportunidade para dar as boas-vindas aos aprovados e digo que estou bastante feliz com o início do projeto, temos ideias realmente interessantes a serem desenvolvidas. Este é um momento importante para a área da inovação no Estado, principalmente para nós da Fapepi que estamos em busca da criação do Parque Tecnológico do Piauí”, afirmou Francisco Guedes.

Nesta primeira etapa, as 17 startups aprovadas no edital de inovação, irão passar por um processo de pré-aceleração onde irão se adequar as demandas dos mercados específicos a que se destinam. 

A gestora do programa Agentes Locais de Inovação (ALI), do Sebrae, Érika Lopes, destacou as possibilidades com o desenvolvimento das empresas. 

“Agradeço ao presidente Francisco Guedes por essa parceria e quero dizer que o Sebrae está aqui para dar todo o apoio possível para as Startups. Estaremos envolvidos diretamente nos processos de aceleração e pré-aceleração mas também realizaremos consultorias para garantir o desenvolvimento destas empresas”.

Dentre algumas das Startups aprovadas no edital de inovação, estão iniciativas que visam o monitoramento de ambientes refrigerados, o planejamento cirúrgico através de impressão de órgãos em 3D e um aplicativo baseado em gameficação para educação financeira de crianças.

O diretor técnico-científico da Fapepi, Albemerc Moura, ressaltou a importância da continuidade do projeto.

“O nosso desejo é que este edital, este projeto de inovação se perpetue. A nossa intenção é que se torne algo fixo e principal fonte para o desenvolvimento de Startups no Estado”.

Ainda não conhece o Programa de Fomento a Inovação e Competitividade do Piauí? Acesse https://goo.gl/BT8C1y para mais informações.